terça-feira, 30 de novembro de 2010

Canlendário ou calendário?

Existem coisas que não consigo compreender. Uma delas são os erros ortográficos em jornais. A imprensa escrita é (ou devia ser), pela sua grande difusão, o baluarte da língua, uma referência. Na edição em linha de hoje do Diário de Notícias temos esta pérola: Canlendário. Que deve remeter para a pronúncia interessante que o jornalista terá da palavra (será da linha de Cascais?). Se não podem pagar revisores (são um luxo?), ao menos comprem um corrector ortográfico para o vosso programa de edição de texto.

1 comentário:

  1. Hoje, dia 2 de Janeiro de 2011, na revista Pública ( do "Público") num destaque de um parágrafo de um artigo aparece concerteza... por acaso, no corpo do artigo está bem escrito COM CERTEZA... mas os "revisores" (ditos copy desk porque a Língua Portuguesa é muito rica mas não tem palavras que cheguem) devem estar a dormir ou não sabem escrever... lol... e ontem num programa da RTP ao fazer zapping ( outra palavrinha inglesa , nem sei se está bem escrita!!!) encontrei-me com a indicação de DIRETO... em vez de directo, a usarem já o tão polémico (des)acordo ortográfico. Até me pareceu levar um murro no estômago...será isto a evolução e o progresso... Abraço.

    ResponderEliminar

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 2.5 Portugal.