quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Homens chiam, ratos chilreiam

O avanço tem destas coisas espantosas e diferentes. Os peixes coloridos (ainda mais que os tropicais) foram os primeiros animais geneticamente modificados a serem comercializados em massa, pelo menos em alguns países. A biotecnologia vai avançando e novas experiências têm sido levadas a cabo, todas a bem da humanidade. A última, ratos que chilreiam como pássaros, uma experiência que passou de "vamos ver o que acontece", para "importantíssimo estudo da linguagem". Existem também vegetais, principalmente cereais transgénicos, uma modalidade bem aceite em África, mas também por produtores que queiram aumentar exponencialmente a produção e patenteiam sementes. Milho com insecticida já é produzido em grande escala nalgumas zonas do estado espanhol.

Os perigos? Além de ninguém saber exactamente como podem influir estes alimentos na nossa saúde, na saúde dos nossos descendentes, e de todos os outros seres que com eles convivem, a verdade é que criar seres animais ou vegetais que não existiam anteriormente na natureza em ambientes não controlados (o conhecido "ar livre") mete-nos a todos numa experiência a nível global contra a nossa vontade.

Notícia original sobre os espantosos ratos aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 2.5 Portugal.